BIM News

Last trends of the AECO sector

BCF – BIM Collaboration Format

BCF is a file format created for communication between several BIM softwares.


Published: 03/04/2018

Country: Brazil
This article has been translated from Portuguese. View original

História BCF

A versão 1 do BCFxml foi desenvolvida pela Solibri e Tekla em 2010. Com o tempo foi sugerido para que os outros desenvolvedores também trabalhassem com esse formato, dentro de um padrão aberto (Open BIM).

No ano de 2014 a buildingSMART assumiu o desenvolvimento do padrão de trabalho, na qual passou para a versão 2 do BCFxml e outros desenvolvedores, como DDS e Nemetschek passaram a adotar esse padrão de comunicação em seus softwares.

Ainda em 2014 a buildingSMART liberou os parâmetros para o BCFapi, possibilitando  assim serviços na Web para o BCF e a criação de aplicativos para darem suporte aos softwares dos desenvolvedores, que não desenvolveram sua própria programação em BCFxml.

E em julho de 2016 a buildingSMART soltou uma nota informando que está desenvolvendo os parâmetros para o BCF 2.1, fazendo algumas melhorias neste padrão.

Tipologias

A BuildingSMART defini duas formas de trabalho colaborativo.

A primeira na qual os arquivos IFC do Modelo são compartilhados através de um servidor local ou em um servidor online, como por exemplo o Dropbox, Google Drive, ou similares, na qual o BCF-Server faz a autenticação  dos relatórios direto na nuvem, como mostra a figura abaixo.

topology-1-bcf-server-only

A segunda é quando os arquivos IFC do Modelo e o BCF-Server estão localizados no mesmo local, ou seja, essa forma de trabalho é apenas em nuvem, como mostra a figura abaixo.

topology-2-colocated-bcf-server-and-model-server

Mas na prática como funciona o BCF?

Com os projetos de todas as disciplinas em andamento, o fluxo de comunicação acontece via arquivos IFC.  Para auxiliar na troca de informações durante o processo de projeto, sugere-se o uso de relatório colaborativo através de arquivos BCF, onde podem ser registradas informações, apontamentos, problemas e soluções, de  maneira simples e dinâmica. Para cada caso a ser notificado, pode ser registrado um comentário, identificando a autoria de quem comentou e desta maneira, criando um relatório as informações/decisões.

As interações acontecem através de imagens extraídas do modelo virtual, onde é possível vincular elementos do modelo, e através do BCF levar para outros softwares. Feito isto, é possível direcionar a visualização exatamente para o ponto aonde está a informação. Isso somente é possível pois cada elemento é identificado por um ID (número de identificação único dos elementos), caso esse elemento seja apagado e modelado novamente irá receber um novo do ID e por este motivo perderá a comunicação com o relatório.

Na sequência iremos demonstrar um pequeno exemplo dessa troca de informações:

Neste caso foram utilizados os softwares Tekla BIMsight e o Navisworks.

O primeiro passo foi importar os arquivos IFC de um projeto para dentro do Tekla BIMsight e criar um relatório de uma interferências na qual foram vinculados os elementos na imagem do relatório. Após o relatório pronto foi exportado para BCF.

bcf-1-tekla-bimsight

O segundo passo foi abrir os mesmos arquivos IFC dentro do Navisworks e importar o arquivo BCF criado no Tekla BIMsight através do aplicativo BCF Manager. Como os objetos foram vinculados a imagem do relatório, com um único clique na imagem do relatório o software direciona para o ponto no modelo onde se encontra o problema.

bcf-2-navisworks

Com o BCF é possível adicionar um comentário ao problema apontado e exportar para um novo arquivo BCF.

bcf-4-navisworks

Voltando ao Tekla BIMsight e importando o novo arquivo BCF, é atualizado o relatório e aparece o comentário da resposta referente ao problema do projeto.

bcf-3-tekla-bimsight

Conclusão

Atualmente as empresas utilizam relatórios em excel, word e trocas de e-mails para resolverem/registarem os problemas.  Trabalhando dessa forma é necessário interpretar a informação e manualmente procurar aonde está o problema no projeto.

Com a utilização do BCF, o ganho de produtividade, facilidade de identificação, solução de problemas é muito grande e o fluxo de troca de informações é muito maior. E com o padrão OPEN BIM é possível todos os envolvidos nos projetos decidirem pelo melhor software para cada disciplina e fazer essa comunicação através de IFC e BCF.

Source: https://biminformation.blog/2017/02/01/bcf-bim-collaboration-format/

+ Post an article
Stay updated with the latest news, events, job offers, software and much more. Sign up to our monthly Newsletter and enjoy the best of BIM for free

Thank you for subscribing to the Newsletter!